1º Campo de Treinamento Greco-romano termina com sucesso entre treinadores e atletas nacionais

Sucesso. Assim pode ser definido o primeiro Campo de Treinamento Internacional promovido pela Confederação Brasileira de Wrestling, que terminou nesta quinta-feira, no Instituto Federal Fluminense, em Maricá. Durante 5 dias, atletas e treinadores do estilo greco-romano participaram de atividades que contaram com treinamento técnico e tático comandado pelo treinador internacional David Maia e que ainda contou com um ciclo de palestras comandados pelos profissionais do Comitê Olímpico do Brasil, em vários temas ligados ao esporte.

“São momentos como esse que guardamos para vida, a convivência o aprendizado. Tivemos atletas e treinadores de vários locais do Brasil neste campo de treinamento e fico feliz de ver a participação maciça dos atletas Sub-17 e de treinadores interessados em aprender. Esperamos que os treinadores retornem a seus estados de origem e deem prosseguimento no trabalho diário com seus atletas. Só tenho a agradecer a cidade de Maricá pelo apoio e estrutura e ao Comitê Olímpico do Brasil por apoiar uma ação tão importante para nosso desenvolvimento”, explicou Flavio Cabral Neves.

O treinador português David Maia se surpreendeu positivamente com a qualidade dos treinadores e atletas nacionais. Pela primeira vez no Brasil, o treinador com trabalho reconhecido na Áustria, Suíça, México e Portugal trouxe uma visão de wrestling além do tapete para treinadores e atletas.

“Foi bastante positivo tentei transmitir um pouco da minha experiência e também dar uma visão do que pode ser a luta no Brasil. O país pode sim se tornar uma potência. Procurei passar para os treinadores que eles precisam se apoiar foi um prazer trabalhar com esses jovens e treinadores. O Brasil tem muito potencial e acho que eles gostaram. Uma das moças que trabalham no hotel, comentou que os atletas só falavam bem do treinamento no café da manhã. Então acho que gostaram bastante”, explicou David, que no último dia comandou um treino de três horas de duração voltado para parte técnica e realizou uma palestra sobre organização de torneios.

Participação de treinadoras chama atenção

Outro ponto de destaque foi a presença de treinadoras que participaram da capacitação. As competições do estilo greco-romano ainda são exclusivas para os homens, mas para ensinar e comandar as atletas não há restrição. Treinadoras como Brenda Aguiar, Carol Soares, Dailane Reis, Luzia Fernandes e Tânia Silva participaram dos treinamentos.

“É um destaque. São treinadoras que sabem o que estão fazendo e se mostraram muito interessada em aprender. Essa receptividade foi uma marca não só delas, mas como de todos os participantes. Nenhum estive de nariz empinado ou com uma postura de: “isso já sei, não preciso fazer”. Procurei passar que para o desenvolvimento do wrestling no Brasil, os treinadores precisam se ajudar e se apoiar” frisou.

O Campo de Treinamento terminou com palestras sobre Media Training, comandada pelo Assessor de Imprensa da Confederação Brasileira de Wrestling, Fúlvio Melo, e sobre Treinamentos Metabólicos para jovens atletas, com Marcelo Guimarães.

Confira a lista dos atletas e treinadores que participaram do 1º Campo de Treinamento exclusivo do
estilo greco-romano:

Treinadores: Luzia Fernandes (MT), Tânia Silva (RJ), Ruhan Portela (PA), Felipe Macedo (RJ), Cassio Bernardo (RJ), Victor Sousa (RN), Gabriel Lira (RN), Cicero Hulk (SP), Agnaldo Santos (MS), Brenda Aguiar (SP), Caroline Melo (RJ), Dailane Reis (RJ), Phelipe dos Santos (RJ) e Richard Moura (MG).

Atletas: Alexsandro Santos (RJ), Caio Clementino (PB), João Batista Neto (AP), Marcus Vinícius Martins (AP), João Pedro Amorim de Moura (AP), Kaio Henrique Sousa (MT), Yago da Silva Conceição (MT), Renan Henrique (SP), Eduardo Ribeiro (SP), Caio Baeta (SP), Raul William (MT), Guilherme Landim Sales (RJ), Christopher Segura (SP), Luan Borges Lima (SP).

Redes Sociais

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades: