Atletas avaliam de forma positiva participação na 2ª edição do Campo de Treinamento Feminino

A Confederação Brasileira de Wrestling (CBW) em parceria com o Comitê Olímpico do Brasil (COB) realizou de 27 de outubro a 04 de novembro a segunda edição do Campo de Treinamento Feminino, no Clube Campestre, em Campina Grande-PB. A ação foi comandada por quatro treinadoras e contou com ensinamentos de técnicas, além de palestras relacionadas ao universo esportivo feminino para 16 atletas das categorias sub-17 e sub-20. A piauiense Fabiana Hellen e a amapaense Cassia Costa avaliaram o camping como muito proveitoso.

“Foi uma experiência muito importante para mim. Praticamente aprendi do zero, porque o esporte na minha cidade está sendo mais desenvolvido agora, então não temos muito conhecimento. Esse camping foi de extrema importância, porque eu pude ver o wrestling por vários ângulos e de formas diferentes. Fiz contatos e percebi que, sim, eu posso chegar a algum lugar futuramente. O camping me deu esperança e força para continuar firme”, disse Fabiana, natural de Teresina-PI.

“Participar do camping de treinamento feminino para mim foi uma experiência incrível, tanto de convivência como atleta como de uma possível treinadora. Foi bom para eu ver novas coisas, como educativos de como podemos trabalhar com as pessoas. Foi uma experiência única para mim, com várias coisas bem positivas”, comentou Cassia, campeã nacional sub-20 na categoria até 65kg.

Além do treino de wrestling com posições e técnicas de tapete, as integrantes do camping tiveram uma série de palestras relacionadas ao universo esportivo e feminino. Os temas variaram entre nutrição (com Karoline Silva), equidade e diversidade (com Aline Silva), empoderamento e transição de carreira (com Aline Silva) e saúde da mulher (com a ginecologista Maysa Simão). As atletas ainda receberam vídeos motivacionais enviados pelas históricas Joice Silva e Giullia Penalber.

“Todas essas palestras foram essenciais. Tive um ótimo aprendizado para vida. Aprendi que a mulher cidadã atleta passa por muitas dificuldades e, mesmo assim, seguimos fortes. Foi um exemplo muito grande pra mim”, falou Fabiana, que entende a importância da manutenção de campings como este para a evolução do wrestling feminino no país.

“Se mantiverem esse camping todo ano garanto que o desenvolvimento feminino crescerá mais. Além de abrir muitas portas para o público feminino, as atletas terão uma oportunidade para aprender mais e de ter mais contato com outras meninas, já que para algumas é muito difícil de ter nas suas próprias academias”, concluiu a campeã brasileira sub-20 na categoria até 72kg.

Cassia concorda que o Campo de Treinamento foi uma ótima oportunidade para se conectar com outras atletas, já que, muitas vezes, elas têm que treinar com outros meninos em suas academias. A própria amapaense revelou que treina com dois atletas do masculino para se preparar para as competições nacionais. 

“(O camping) É importante porque nós conseguimos trabalhar umas com as outras. Das meninas que estavam no camping conosco, poucas têm parceiras de treino que são meninas e que são do seu peso. Então, utilizamos o camping para aproveitar essa integração porque, como disseram lá, nós somos o futuro do wrestling e temos que ajudar umas às outras”, falou Cassia.

A equipe ficou concentrada em Campina Grande e todos os treinos foram realizados dentro do Centro de Treinamento Nacional, localizado no Clube Campestre, também na cidade paraibana, e contou com o suporte da área de fisioterapeutas do clube. As treinadoras Mayara Graciano, Rafaela da Luz, Dailane Reis e Gracyenne Helena foram as responsáveis por organizar o evento, que teve parceria com a Coordenadoria da Área da Mulher no Esporte do COB, liderado por Isabel Swan.

Redes Sociais

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades: