O treinador-chefe, Angel Torres Aldama, explica posição com auxílio dos atletas

Atletas e treinadores recebem clínica do estilo greco-romano com treinador-chefe e coordenador da seleção

As promessas do wrestling nacional participaram no último fim de semana os Jogos Escolares etapa 2018, em Natal, Rio Grande do Norte. Mais além de disputarem medalhas nos tapetes, lutadores e treinadores participaram de uma clínica com o treinador-chefe, Angel Torres Aldama, e o coordenador de seleções, Flavio Cabral. O motivo é a inclusão do estilo greco-romano nos Jogos Escolares de 2019. Até esse ano os estilo olímpicos disputados eram apenas o wrestling feminino e o estilo livre.

“O objetivo da clínica foi passar um pouco para os atletas e professores que estarão nos Jogos Escolares ano que vem as regras, posições e como funciona o estilo greco-romano. O professor Angel falou da parte pedagógica e da evolução do estilo nos últimos anos e lembrando os resultados obtidos. No fim, os treinadores puderam tirar dúvidas e fazer perguntas sobre o estilo”, explicou Flavio.

No último o ciclo (2013 -2016), o estilo greco-romano classificou o único atleta masculino para os Jogos Olímpicos do Rio, com Eduard Soghomonyan; conquistou uma medalha de bronze com Davi Albino nos Jogos Pan-americanos e teve campeões pan-americanos nas categorias cadete (até 17 anos), no Pan de 2014 com Calebe Correa e na categoria júnior com Joilson Júnior, que conquistou o primeiro dos seus três títulos continentais em 2016.

Redes Sociais

  • Aline Silva do de malha com identificao azul JogosSulamericanos2018 TimeBrasil
  • O Wrestling Feminino faturou 4 medalhas! Giullia Penalber foi a
  • Segundo Lugar por Equipes Wrestling Feminino WrestlingFeminino JogosSulamericanos2018 TimeBrasil BrasilWrestling
  • A Confederao Brasileira de Wrestling ao lado das demais Confederaes
  • Os principais atletas de 18 a 20 anos das Amricas
  • Joilson conquista tricampeonato e Brasil ganha quatro medalhas no primeiro

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades: