Brasil leva três pratas e três bronzes neste sábado e termina com sete medalhas em Rosário

Depois do terceiro lugar conquistado por Maria Paula Satiro na véspera, o Brasil fechou sua participação no Wrestling dos Jogos Sul-Americanos da Juventude neste sábado(30/4) com mais três medalhas de prata e três de bronze, todas conquistadas no estilo livre.

Roger Emerson, Ismael Silva e Hugo Serafim foram vice-campeões, enquanto Wenzo Nogueira, Lucas Barbosa e Rebeca Fonseca conquistaram o terceiro lugar. Assim, o Brasil terminou os Jogos Sul-Americanos da Juventude com sete medalhas, três de prata e quatro de bronze.

Roger Emerson estreou nos Jogos Sul-Americanos da Juventude nas quartas de final e superou o panamenho Jaime Garcia por superioridade técnica. Na semifinal, nova vitória, desta vez contra o argentino Arnoldo Proboste. Mas, na decisão do ouro, o brasileiro não conseguiu superar o peruano Fernando Sandoval e conquistou a medalha de prata na categoria até 60 kg.

Na categoria até 45 kg, os cinco lutadores inscritos lutaram entre si para definir os medalhistas. O amazonense Ismael Silva venceu três dos quatro combates e ficou com a medalha de prata. Ele só perdeu para o campeão, o venezuelano Alvin Tovar, mas derrotou Santiago Pachado, da Argentina, Santiago Chicaiza, da Colômbia, e Dante Solano, do Peru.

A terceira medalha de prata do Brasil neste sábado foi conquistada por Hugo Serafim na categoria até 92 kg. Com quatro lutadores inscritos, a disputa também foi todos contra todos. O brasileiro venceu Jose Martinez, da Venezuela, e Miguel Diaz, do Peru, mas perdeu para Fabrício Ibañez, da Argentina, e ficou em segundo lugar.

Já Wenzo Nogueira perdeu na estreia para Duvan Muñoz, da Colômbia, mas venceu na sequência o peruano Fabiano Narvaez para se classificar para a semifinal. O lutador paulista, no entanto, foi derrotado por superioridade técnica por Fabrício Quintero, do Equador, e foi disputar o bronze contra Wilber Lopez, da Venezuela, que ele venceu para assegurar um lugar no pódio da categoria até 51 kg.

Quem também terminou com a medalha de bronze foi Lucas Barbosa, da 71 kg. Depois de vencer suas duas lutas pela chave B, o brasileiro perdeu a semifinal para Latauro Ismael, da Argentina, mas derrotou o peruano Frank Franco na decisão do terceiro lugar.

O terceiro bronze do Brasil foi de Rebecca Fonseca na categoria até 73 kg. Com vitórias sobre Angie Cruz, da Colômbia, e Ana Morales, da Argentina, e derrotas para Karla Castillo, da Venezuela, e Aomi Riques, do Peru, ela ficou empatada em segundo lugar com outras duas atletas.

Nos critérios de desempate, no entanto, Angie Cruz ficou com a prata, Rebecca Fonseca foi bronze e Aomi Riques terminou em quarto. Invicta, Karla Castillo foi a campeã.

Na categoria até 65 kg do estilo livre feminino, Rayssa Alves venceu duas das três lutas na fase de grupos e se classificou para a semifinal. Depois disso, no entanto, perdeu para Gleymaris Beria, da Venezuela, e para Leidy Valencia, do Equador, por superioridade técnica, terminando em quarto lugar.

Dos oito atletas que participaram do segundo dia de competições do Wrestling nos Jogos Sul-Americanos da Juventude quem não teve chances de brigar por medalha foi Laysla Barbosa, na categoria até 57 kg. Com uma vitória e duas derrotas, ela ficou em terceiro lugar no Grupo A e não conseguiu se classificar para a semifinal.

Redes Sociais

No images found!
Try some other hashtag or username

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades: