Treinadores dominicanos e brasileiros trabalharam em conjunto no intercâmbio internacional

Brasileiros e dominicanos concluem intercâmbio no Rio de Janeiro

A delegação dominicana se despediu do Rio de Janeiro nesta terça-feira (10/07) depois do intercâmbio internacional de realizado no Rio de Janeiro. Os principais atletas do país caribenho treinaram com os brasileiros no Centro Olímpico de Treinamento, na Arena Carioca 2 do Parque Olímpico do Rio  e no 12º Batalhão da Polícia Militar em Niterói, região metropolitana do estado. O técnico dominicano, Alex Camoy, agradeceu a oportunidade do intercâmbio e sente que a equipe está ainda mais confiante para disputa dos Jogos Centro-americanos e do Caribe, que acontece de 29 a 2 de outubro em Barranquilla, Colômbia, torneio que vale vaga para os Jogos Pan-americanos de Lima 2019.

“Gostaria de agradecer a oportunidade de treinarmos onde foram realizados os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Esta foi mais uma etapa da preparação para os Jogos Centro-americanos e do Caribe e tivemos um bom nível de treinamento”, afirmou o treinador Alex, treinador do estilo greco-romano.

A lista dos atletas dominicanos incluem atletas como Jansel Gonzalez, prata na categoria até 60kg do estilo greco-romano em 2018 e 2019; Yessica Perez do wrestling feminino até 58kg. Já na equipe brasileira, o intercâmbio foi proveitoso também para os atletas da categorias etárias júnior e cadete. Joílson Júnior e Meirielle Santos vão disputar o Pan-americano Júnior em Fortaleza no mês de agosto. Já o cuiabano Igor Queiroz luta em outubro luta os Jogos Olímpicos da Juventude, em Buenos Aires, Argentina.

A participação não se restringiu aos atletas cariocas como Giullia Penalber, Caroline Soares, Fabiana Alcântara, Diego Romanelli e Phelippe do Santos, por exemplo. Lutadores radicados em São Paulo como Lais Nunes e João Victor Santos também fizeram questão de medir forças contra os dominicanos em Top Competências.

“É uma honra muito grande poder receber a equipe da República Dominicana neste intercâmbio. Os atletas brasileiros aproveitaram bastante, tanto os atletas da categoria sênior já pensando em Campeonato Mundial, quanto os lutadores juniores que vão lutar o Pan-americano agora em agosto. Todos saíram satisfeitos e tenho certeza que foi proveitoso. Gostaria de agradecer aos atletas e treinadores brasileiros e dominicanos” disse Pedro Gama Filho, presidente da Confederação Brasileira de Wrestling, Pedro Gama Filho.

Redes Sociais

  • Aline Silva do de malha com identificao azul JogosSulamericanos2018 TimeBrasil
  • O Wrestling Feminino faturou 4 medalhas! Giullia Penalber foi a
  • Segundo Lugar por Equipes Wrestling Feminino WrestlingFeminino JogosSulamericanos2018 TimeBrasil BrasilWrestling
  • A Confederao Brasileira de Wrestling ao lado das demais Confederaes
  • Os principais atletas de 18 a 20 anos das Amricas
  • Joilson conquista tricampeonato e Brasil ganha quatro medalhas no primeiro

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades: