Critério Ciclo I 2017 - CBW

CRITÉRIO CICLO I 2017

 

INTRODUÇÃO

Com o objetivo maior de preparar as equipes nacionais e identificar o grupo de trabalho do ciclo 2017-2020 além de oferecer um calendário com competições mais proveitosas a cada atleta, baseado no nível técnico, a CBW dividiu em 3 grupos o calendário consolidado.

  1. A) Seleção Sênior (LF, GR e EL)
  2. B) Seleção Junior (LF/GR/EL)
  3. C) Seleções Cadetes, JOJ2018 e escolares (LF/GR/EL)

Desta forma os torneios e campos de treinamento foram escolhidos e selecionados para, dentro do plano geral (Macrociclo) possam oferecer as melhores condições de preparação e/ou competição aos nossos atletas. Poderão haver alterações durante o ano devido aos resultados obtidos por cada grupo ou atleta individualmente, sendo passível o up-grade ou down-grade no número e tipo de evento.

A composição do grupo de trabalho será determinada durante os torneios e os campos de treino no Brasil e exterior, sendo obrigatória a participação dos atletas das seleções nacionais Sênior e Junior. Em todas ações, serão priorizadas as categorias Olímpicas.

 

OBJETIVOS

O primeiro campo de treinamento de 2017 servirá para confirmar os atletas que irão compor o grupo de trabalho da CBW. E também para:

  • Recolher a documentação necessária
  • Avaliar os atletas (exames técnicos, físicos e clínicos)
  • Selecionar as equipes titulares e reservas para competições

Alguns atletas podem ser convocados devido a necessidade de sparrings de treinamento. Também são levados em consideração fatores como idade para 2020, ranking e experiência internacional.

 

COMPETIÇÕES & PERIODIZAÇÃO

Este primeiro Macrociclo competitivo de 2017, foi estruturado em 19 Microciclos divididos em 3 Mescociclos:(Acumulação, Transformação, Realização), conforme o modelo dos professores Usurrin e Kaverin, baseado no conceito de cargas concentradas em blocos do Dr. Yuri Verjoshanski.

  • As competições fundamentais foram assim identificadas:

SENIOR- Campeonato Pan-americano

JUNIOR- Campeonato Pan-americano Junior

CADETES- Campeonato Pan-americano Cadetes.

  • A CBLA planejou 6 períodos de treinamento em regime de concentração durante o período para a equipe sênior.
  • Os técnicos responsáveis são:
  • Angel Aldama (Chefe),
  • Pedro Garcia, Daniel Malvino, Felipe Macedo, Ivan Tsochev.
  • A CBW pode alterar os nomes dos técnicos.

 

 

SELEÇÃO PAN-AMERICANA

O grupo de trabalho será formado no primeiro trimestre de 2017, tendo como observação inicial o Campeonato Brasileiro Sênior. Em seguida teremos os campos de treinamento. Aquele que melhor se classificar será o titular.

 

SELEÇÃO PAN-AMERICANA JUNIOR

A seleção será formada na ocasião do Campeonato Brasileiro Junior, em Maio de 2017. A Confederação irá convocar os atletas que irão viajar e divulgará aqueles que poderão participar com recursos próprios de acordo com avaliação técnica.

 

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

  • Todos os atletas devem comparecer na data, local e horário estipulado para cada convocação.
  • Os atletas convocados devem cumprir uma presença mínima de 75% nos treinamentos e atividades realizadas no período da convocação
  • Nos treinamentos, a CBW oferece alojamento e alimentação – para atletas CONVOCADOS e CONVIDADOS de fora do RJ
  • A CBW é responsável pelo transporte RODOVIÁRIO apenas dos atletas CONVOCADOS para os treinamentos.
  • O treino é aberto a todos os atletas, maiores de 18 anos, quites com suas Federações e devidamente autorizados pela comissão técnica.
  • Todos os atletas devem trazer o equipamento de treinamento e competição
  • Todos os atletas devem trazer a documentação solicitada

 

  • Na ocasião da primeira convocação, todos os atletas devem trazer os exames solicitados (com validade de 6 meses): AVALIAÇÃO CARDIOLOGICA (EQG+ECO) e EXAME DE SANGUE (hemograma completo, glicose, ureia creatinina, tgo/tpg e ck)* Os atletas da atual seleção titular, já podem entregar os exames solicitados ao Depto. médico da Confederação para análise prévia.
  • Os atletas selecionados para participação nos campeonatos, já ficarão desde o início de treinamento até o dia do embarque e competição.

– Todos os atletas devem estar quites com a CBW (Anuidades e participação)

  • Todos os atletas que aceitarem a convocação, terão que OBRIGATÓRIAMENTE assinar o termo de compromisso do atleta, termo de viagens e de termo de cessão de imagem.
  • Os atletas que não puderem participar ou se apresentar na convocação, deve encaminhar a CBW, por escrito o motivo da ausência com a justificativa e laudo medico se for o caso.
  • O membro da delegação que necessitar um documento de dispensa para estudo ou trabalho, deve solicitar à CBW, com antecedência mínima de 10 dias.
  • Durante as viagens e convocações, todos atletas devem respeitar as normas de utilização do uniforme da CBW, do uso da marca do patrocinador, dos limites de bagagem das cias aéreas e acatar todas as instruções dos chefes de equipes e dirigentes da CBW.
  • Todos membros da delegação, devem cumprir com suas obrigações e responsabilidades estipuladas pelo chefe de equipe, tais como: Horários, entrega de documentação, guarda de tickets de viagem, etc….
  • Os treinadores, assim como a equipe multidisciplinar que acompanhará a delegação, serão selecionados pela direção da CBW em cada convocação
  • Os atletas que possuírem patrocínio próprio ou de seu clube, e quiser participar de alguma competição internacional, deverão cumprir com as mesmas obrigações de todos os atletas, e sua participação será autorizada ou não, a critério do corpo técnico da CBW.

– Todos os atletas cujas licenças UWW forem pagas pela CBW, tem a obrigação de participar da Copa Brasil Internacional 2017, a exceção daqueles com dispensa medica ou justificativa aceita pela Confederação.

O não cumprimento deste regulamento pelos membros da delegação pode acarretar em punição que vai desde uma advertência, desligamento ou até a suspensão de futuras convocações por tempo determinado.

Este documento pode ser alterado a qualquer momento, sendo válida esta última versão publicada em 05/05/2017.
R. Leitão – Superintendente
Flavio Cabral – Coordenador