Evelyn se defende da oponente durante o Brasileiro Júnior de Wrestling (RuivaFight/CBW)

Feras do Pan Júnior 2018: Evelyn Santos e a obrigação que virou paixão

A série Férias do Pan Júnior 2018 segue no wrestling feminino com a paulista Evelyn Santos, categoria até 50kg. O início de Evelyn no esporte foi praticamente por acaso. Em 2011, Kethelyn, irmã de Evelyn, se interessou pelas aulas de wrestling e pediu a mãe, Alessandra, para treinar. A mãe autorizou desde que Kethlyn levasse Evelyn para que não fosse e voltasse sozinha aos treinamentos. Sete anos depois a irmã fica apenas na torcida e Evelyn segue firme em busca do sonho olímpico.

“Depois que comecei a lutar fui gostando de competir e na primeira semana já disputei um torneio. Esse sentimento de se dedicar e dar o seu melhor a cada luta é o que fez com que me apaixonasse pelo esporte e não parei mais. Atualmente saio de casa às 6h e só vou dormir às 22h depois de fazer a marmita para o dia seguinte. Entre treinos e faculdade, procuro me organizar para poder conciliar os dois, sem prejudicar a faculdade e descansar depois dos treinos”, explicou a lutadora, que cursa o segundo período de enfermagem na universidade UniSant’Anna e treina no Centro Olímpico Ibirapuera.

Evelyn se esforça para manter a vida acadêmica com os treinos no tapete. Quando viaja para competições, ela procura adiantar os trabalhos e avisar com antecedência aos professores. Ao contrário da maioria dos companheiros de seleção neste pan júnior, Evelyn vai disputar seu segundo pan-americano. Em 2016, a brasileira disputou o Pan-americano Cadete em Lima, no Peru. O quinto lugar e a consequente ausência do pódio fizeram a atleta procurar uma solução para um problema.

“Percebi que costumava ficar muito nervosa antes das lutas e passei um tempo com uma psicóloga que me ajudou a achar maneiras alternativas pra lidar com nervosismo e a cobrança. Quando fico nervosa procuro me distrair por um tempo com algum outro assunto como por exemplo leitura ou algum jogo” revelou Evelyn, que costuma aproveitar o pouco tempo livre vendo filmes (não possui nenhum gênero predileto) e fazendo passeios para shoppings ou chácaras.

Com mais horas de luta no currículo, Evelyn afirma ter evoluído como atleta nos últimos anos. Os resultados corroboram o sentimento da lutadora. No Brasileiro Júnior 2017, Evelyn conquistou a medalha de prata. Já este ano, a medalha de ouro foi alcançada e com ela a chance de representar o país novamente em uma competição continental. Se depender da garra da paulista, o resultado em 2018 será bem diferente do Pan Cadete de dois anos atrás e para melhor.

“Sinto que amadureci mais e aprendi a ver o wrestling de um novo ângulo. Além de aprender a lidar mais com o nervosismo em competições também passei a ser mais dedicada ao esporte. Se no passado consegui um quinto lugar, penso que se lutar bem consequentemente vou subir ao pódio e conquistar uma medalha” concluiu Evelyn.

Como torcer para Evelyn Santos no Pan-americano Júnior de Wrestling 2018:

Categoria: até 50kg do wrestling feminino
Dia da luta: 18/08
Local: Centro de Formacao Olimpica do Nordeste Av. Alberto Craveiro s/n, Castelao, Fortaleza – Ceara
Horário:  Eliminatórias 10h às 15h e finais 18h às 20h30
Assista ao vivo no link: Pan Júnior de Wrestling 2018

O Pan-americano Júnior 2018  é uma realização da United World Wrestling das Américas, Confederação Brasileira de Wrestling e SESPORTE – Secretaria de Esportes do Estado do Ceará.

Redes Sociais

  • Aline Silva do de malha com identificao azul JogosSulamericanos2018 TimeBrasil
  • O Wrestling Feminino faturou 4 medalhas! Giullia Penalber foi a
  • Segundo Lugar por Equipes Wrestling Feminino WrestlingFeminino JogosSulamericanos2018 TimeBrasil BrasilWrestling
  • A Confederao Brasileira de Wrestling ao lado das demais Confederaes
  • Os principais atletas de 18 a 20 anos das Amricas
  • Joilson conquista tricampeonato e Brasil ganha quatro medalhas no primeiro

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades: