Guilherme Porto fecha Mundial Sub-20 em 7º e estilo greco-romano tem melhor resultado no torneio em 39 anos

O wrestling brasileiro encerrou neste sábado (20/8), a participação no Campeonato Mundial Sub-20 de Wrestling 2022 disputado em Sofia, Bulgária. Depois das duas vitórias obtidas no primeiro dia de disputas da categoria 77kg do estilo greco-romano, Guilherme Porto retornou ao tapete Mundial para disputar a repescagem contra o tcheco Mickal Zelenka. Quem vencesse disputaria uma das medalhas de bronze da divisão.

Zelenka conseguiu retirar Porto da área delimitada duas vezes e fazer dois pontos. O brasileiro buscou a luta e esteve perto de passar para as costas do oponente algumas vezes, mas não conseguiu furar a defesa do oponente e o placar final terminou 2 a 0. Zelenka seguiu para disputa da medalha de bronze contra o uzbeque Samandar Bobonazarov e foi batido por 9 a 8.

Porto encerrou em sétimo lugar, a melhor colocação do estilo greco-romano desde o sexto lugar de Roberto Leitão, no Mundial em Oak Low, Estados Unidos, em 1983. No torneio dos anos 80, apenas 7 atletas se inscreveram. O que aumenta o feito de Porto, que apenas em sua categoria teve 24 atletas.

Ana Júlia dos Santos e Angelo Café não avançam

Além de Porto, Ana Júlia dos Santos e Angelo Café representaram o Brasil no torneio. Todos comandados pela treinadora Brenda Aguiar, convocada pela CBW para o torneio. Ana Júlia não avançou na categoria 76kg do estilo livre feminino ao ser superada na estreia pela norte-americana Tristan Kelly e fechou em 13º lugar.

Angelo Café também parou na estreia contra o búlgaro Radislov Dimitrov (9 a 1) e como Dimitrov não avançou na chave, o brasileiro ficou de fora da repescagem. A posição final do brasileiro só será conhecida neste domingo.

Redes Sociais

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades: