Angelo Moreira, Joílson Júnior e Davi Albino celebram os triunfos no primeiro dia dos Jogos Sul-americanos 2018

Joílson é campeão, Davi e Angelo levam bronze no primeiro dia do wrestling nos Jogos Sul-americanos 2018

Os grequistas brasileiros conquistaram três medalhas no primeiro dia do wrestling nos Jogos Sul-americanos de Cochabamba 2018, na Bolívia. Joílson Júnior conquistou a medalha de ouro na categoria até 67kg e o primeiro título da carreira em uma edição de Jogos Sul-americanos. Angelo Moreira superou o falecimento do sogro com uma medalha de bronze conquistado na raça e dedicada ao parente. Davi Albino também levou o bronze e voltou a ficar entre os melhores das Américas, depois de ficar de fora do pódio no Pan. Nesta quarta-feira, as atletas do wrestling feminino Giullia Penalber até 57kg, Lais Nunes até 62kg, Dailane Reis até 67kg e Aline Silva até 76kg lutam por medalhas. As eliminatórias acontecem às 11h e as finais às 18h, horário de Brasília.

Confira como foi a campanha dos brasileiros na estreia do wrestling nos Jogos Sul-americanos Cochabamba 2018

Joílson Júnior até 67kg – Ouro fez parecer que Cochabamba era ao nível do mar
Joílson Júnior chegou aos Jogos Sul-americanos com a vaga nos Jogos Pan-americanos de Lima garantida em virtude da prata conquistada no Pan-americano de wrestling. Na estreia nos Jogos Sul-americanos, o grequista venceu por superioridade técnica (11 a 2) o equatoriano José Sanchez. Em sua segunda luta, Joílson repetiu o feito dessa vez vitória por 8 a 0 sobre o boliviano Juan Villaroel. Na semifinal, o brasileiro fez 11 a 2 sobre o colombiano Julian Horta. Na grande final, outra vitória imponente dessa vez por 7 a 1 sobre o peruano Mario Molina.

Angelo Moreira até 77kg – Medalha dedicada à memória do sogro
Angelo estreou com vitórias dentro de seu grupo. A primeira por 4 a 1 sobre o peruano Nilton Soto e a segunda por superioridade técnica (8 a 0) sobre o boliviano Cristian Nova. Na semifinal, Angelo enfrentou o venezuelano Luis Avedaño e sofreu um revés de 11 a 2 para o rival e de ficou de fora pela vaga nos Jogos Pan-americanos de Lima neste torneio. Mas ainda restava a luta pelo bronze. Novamente, Angelo iria encarar o peruano Nilton Soto. O mineiro radicado no Rio se impôs e venceu por 5 a 1. A medalha de Ângelo foi dedicada ao sogro Marcelo Sandonato, que faleceu pouco antes de Ângelo embarcar para a Bolívia.

Davi Albino até 97kg – Retorno aos melhores do continentente
A categoria foi disputada no sistema todos contra todos e Davi teria que  fazer quatro lutas na busca pela vaga nos Jogos Pan-americanos de Lima 2019. Davi estreou com uma vitória por superioridade técnica (8 x 0) sobre Luis Vaca. Na segunda rodada, o brasileiro fez 9 x 0 sobre o peruano Li Castillo. Davi sofreu um revés no terceiro combate contra o campeão pan-americano Luillys Perez, da Venezuela, por 5 a 2. Com duas vitórias cada, Davi e o colombiano Oscar Loango lutaram diretamente pela medalha de prata e a vaga nos Jogos Pan-americanos de Lima. O colombiano levou a melhor e fez 3 a 1. mas Davi obteve um importante resultado após terminar em oitavo no Pan-americano de Wrestling.

Redes Sociais

No images found!
Try some other hashtag or username

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades: