Kamila dedicou ouro em Doh aos familiares, ao técnico Nisdany Perez e à colega de equipe Camila Fama Foto: Miriam Jeske/COB

Kamila Barbosa celebra volta por cima com medalha de ouro no Beach Wrestling

Quanto vale uma medalha de ouro? Para a lutadora Kamila Barbosa o primeiro lugar na categoria até 50kg do Beach Wrestling nos Jogos Mundiais de Praia, em Doha, no Catar, a conquista significa muito mais do que o primeiro lugar no pódio e uma medalha inédita para o wrestling brasileiro. Depois de terminar em quinto lugar nos Jogos Pan-americanos de Lima 2019, Kamila revela ter passado por momentos difíceis e que o apoio da família, do treinador e dos companheiros de treino foram fundamentais para que a goiana radicada em São José dos Campos pudesse levantar a cabeça e vencer.

“Nos Jogos Pan-americanos, meus familiares e amigos sofreram comigo.  De uma forma surpreendente, eles entendiam minha dor, respeitaram, mas não deixaram de dizer o quanto sou campeã para eles. Depois do quinto lugar, eles viram minha pior versão e recebi muito carinho e amor deles. Só tenho agradecer a Deus pela linda família que tenho e pelos grandes amigos que Ele me presenteou”, revela Kamila Barbosa, quarta filha de uma família de ex-judocas que abdicaram do esporte para que pudesse seguir.

Nos Jogos Mundiais de Praia, Kamila mostrou um grande poder de recuperação dentro da própria competição. Kamila venceu seus três primeiros confrontos no torneio; 4 a 0 sobre a portuguesa Carmen Gomes; 1 a 0 contra a turca Emine Cataloglu e 5 a 0 sobre a equatoriana Jacqueline Mollocano. A brasileira vencia a nigeriana Mercy Genesis, quando a rival conseguiu virar o placar e vencer por 4 a 2. Kamila passou pela romena Claudia Preciputu por 5 a 1 e reencontrou Genesis. Dessa vez, a virada foi da brasileira.

“Enfrentei muitas lutas duras logo no início do torneio. A turca depois a equatoriana e a nigeriana muito forte fisicamente. Nas eliminatórias, acabei sofrendo a virada e depois encarei a romena que foi vice-campeã mundial. Vejo o dedo de Deus nisso e agradeço muito ao treinador Nisdany Perez e a Camila Fama, companheira de equipe e de muitos torneios ao longo do ano. Essa medalha vai para eles e para minha família”, afirmou Kamila.

Bicampeã brasileira de wrestling, Kamila agora se prepara para Copa Brasil Internacional, tradicional competição do wrestling nacional e que encerra o calendário brasileiro de 4 a 8 de dezembro, no Rio Grande do Norte.

Redes Sociais

  • O wrestling brasileiro convoca seus atletas e praticantes para um
  • Seguimos relembrando as conquistas do wrestling nacional em Jogos Panamericanos
  • A Prefeitura do Rio de Janeiro inaugurou nesta quarta feira
  • Uma das 12 praas da Cidade das Artes Marciais inaugurada
  • Mais um dia para relembrar medalhas em Jogos Panamericanos Giullia
  • Os treinadores da seleo nacional de wrestling Pedro Garcia pedritolucha

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades: