13.10.2022 - Jogos Sul-americanos Assunção 2022 - Wrestling - Na foto a atleta Laís Nunes. Foto: Wander Roberto/COB

Laís é bicampeã e estilo livre feminino conquista 4 medalhas no 2º dia dos Jogos Sul-Americanos

O wrestling brasileiro conquistou a primeira medalha de ouro da modalidade nos Jogos Sul-Americanos 2022, disputados em Assunção, capital do Paraguai. Laís Nunes, campeã na edição 2018, em Cochabamba, alcançou o bicampeonato ao vencer a venezuelana Nathaly Herrera, por 5 a 3, na final da categoria 62kg. Giullia Penalber 57kg e Thamires Machado 68kg ficaram com a medalha de prata em suas respectivas categorias. Ruthy Hellen dos Santos se machucou no terceiro combate.

Com as quatro medalhas desta quinta-feira, o Brasil chega a oito medalhas no torneio. Na quarta-feira (12/10), o estilo greco-romano conseguiu quatro medaljas: pratas de Kenedy Pedrosa 67kg, Joilson Júnior 77kg e Igor Queiroz 97kg; além do bronze de Ronisson Brandão 87kg. Nesta sexta-feira (14/10), Cesar Alvan 74kg, Giovanni Piazza 86kg e Guilherme Pradella 125kg encerram a participação nacional no estilo livre masculino. As eliminatórias começam às 10h e as finais às 15h.

Confira como foi o desempenho de cada brasileira nesta quinta-feira

Laís domina combates e conquista bicampeonato na categoria 62kg

A categoria de Laís foi disputada no sistema todas contra todas. Na estreia, a goiana de Barro Alto venceu por W.O a equatoriana Leonela Parraga. Ainda no período matutino reservado para as eliminatórias, Laís fez 13 a 0 sobre a paraguaia Lourdes Cabrera e 10 a 0 sobre a colombiana Andrea Gongora. A última luta contra Nathaly Herrera se transformou em final, já que ambas haviam vencido seus três primeiros combates. Laís fez 3 a 1 e garantiu o bicampeonato.

Giullia Penalber luta até o fim e fica com a medalha de prata na divisão 57kg

Giullia Penalber estreou nas quartas de finais contra a paraguaia Isabela Nuñez. A brasileira venceu por touche e seguiu para semifinal, onde fez 11 a 4 sobre a venezuelana Yohelin Fernandez. Giullia também busca o bicampeonato dos Jogos, mas não conseguiu superar a equatoriana Luisa Valverde, 10 a 7, e ficou com a medalha de prata.

Thamires Machado estreia com a medalha de prata na divisão 68kg

Na categoria da estreante Thamires Machado, as atletas foram divididas em dois grupos de três. Thamires venceu por touche a panamenha Chaneth Campos e na sequência foi batida pela campeã pan-americana, a venezuelana Soleimy Hernandez. A vitória garantiu Thamires como segunda melhor colocada para enfrentar a atleta olímpica Yanet Sorvero. A brasileira começou atrás, mas virou o placar para 6 a 4 e garantiu vaga na grande final. Thamires reencontrou Hernandez, sofreu um touche, mas ficou com a medalha de prata. Ótimo resultado para sua primeira participação.

Gracyenne Helena conquista o bronze na faixa de peso 53kg

Gracyenne Helena estreou em Jogos Sul-Americanos com um touche sobre a chilena Javiera Hernandez nas quartas de finais da categoria. Na semifinal, a fluminense de Niterói não conseguiu passar pela peruana Thalia Peche na semifinal e seguiu para lutar pela medalha de bronze. Na disputa pelo terceiro lugar, o combate contra a colombiana Sandi Parra terminou empatado em 4 a 4 e Gracyenne foi declarada vencedora. Ruthy Hellen dos Santos se machucou no terceiro combate e terminou em 5º lugar na categoria 76kg.  

Nesta sexta-feira (14/10), Cesar Alvan 74kg, Giovanni Piazza 86kg e Guilherme Pradella 125kg encerram a participação nacional no estilo livre masculino. As eliminatórias começam às 15h e as finais às 18h.

Redes Sociais

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades: