Piauí disputa Brasileiro Sênior pela primeira vez na história

O Wrestling piauiense vai disputar pela primeira vez em sua história o Campeonato Brasileiro Sênior de Wrestling, que acontece neste sábado (12/3), no ginásio do Teatrão, em São José dos Campos – SP, principal torneio nacional da modalidade. A estreia será dupla. Fabiana Helen Salles Silva luta na categoria 76kg do estilo livre feminino e Marcos Felipe Macedo de Sousa compete na divisão 57kg do estilo livre masculino. Esforço da Federação Piauiense de Wrestling (FPIW) que demonstra evolução local.

“É muito importante a participação de Marcos e Helen no Brasileiro Sênior. O Piauí participou ano passado das categorias escolares, cadetes e júnior. E este ano com muito esforço conseguimos participar do Sênior. É papel da Federação Piauiense buscar auxiliar os atletas a participarem dos principais torneios e espero que a garra deles incentive outros piauienses a praticarem luta”, explicou Rodrigo Damasceno, presidente da Federação Piauiense de Wrestling.

A delegação piauiense vai enfrentar dois dias de viagem de ônibus para chegar ao ginásio do torneio e conta com ajuda de amigos e familiares para garantir o retorno de avião. Nem o desgaste da viagem é capaz de conter o entusiasmo. Em breve, o estado deve receber o primeiro tapete olímpico oficial.

“Temos aulas de Wrestling no ginásio Sarah Menezes, em Teresina, e em breve teremos um tapete olímpico que certamente vai despertar um interesse ainda maior na modalidade. Atualmente, Fabiana pratica apenas Wrestling e tenho certeza que esse engajamento vai aumentar em breve”, frisou Rodrigo.

Participação no Congresso Olímpico

Rodrigo Damasceno vai participar de um dos principais eventos do ano: o Congresso Olímpico, organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil. Um painel com diversas palestras, expositores e profissionais gabaritados que vão dividir experiências com os participantes. Uma experiência ímpar de muito aprendizado e que o dirigente pretende aplicar no estado.

“Bato muito na tecla da profissionalização das Federações. O Congresso será oportunidade de adquirir conhecimento e trazer respaldo técnico e científico para nossa modalidade. Espero trazer esse pilar fundamental dentro âmbito esportivo e de quem trabalha com gestão para capacitar atletas e treinadores “, concluiu Rodrigo.

Redes Sociais

No images found!
Try some other hashtag or username

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades: