Wrestling inicia disputa dos Jogos Sul-Americanos em busca de recorde de ouros

Superar o número de medalhas de ouro. Esse é o objetivo do wrestling brasileiro nos Jogos Sul-Americanos 2022, em Assunção, no Paraguai, que compete de 12 a 14 de outubro, nos três estilos olímpicos da modalidade: greco-romano, estilo livre feminino e estilo livre masculino. As eliminatórias acontecem das 10h às 13h e as finais das 17h às 19h, nas áreas de lutas montadas na Secretaria Municipal de Esportes de Assunção. Os primeiros a entrarem no tapete são os atletas do estilo greco-romano: Erivan Rocha 60kg, Kenedy Pedrosa 67kg, Joilson Júnior 77kg, Ronisson Brandão 87kg, Igor Queiroz 97kg e Marcos Silva 130kg. Ronisson, medalhista de bronze nos Jogos do Chile em 2014 e Joílson Júnior campeão dos Jogos Sul-Americanos 2018 são os veteranos entre os grequistas que contam com quatro estreantes.

“Em Cochabamba venci na categoria 67kg e para este ciclo olímpico subi de peso para lutar na divisão 77kg. Realizamos uma preparação muito boa no Centro de Treinamento do Time Brasil e depois na São José Wrestling, em São José dos Campos. Estou confiante na busca do bicampeonato e ajudar a equipe a superar o número de medalhas de ouro”, frisou Joilson.

O recorde de medalhas de ouro foram as três obtidas na última edição em Cochabamba. Além de Joilson, Giullia Penalber 57 kg e Laís Nunes 62 kg venceram as categorias e estão na equipe feminina dos Jogos de Assunção em busca do bicampeonato. Gracyenne Helena 53kg, Thamires Machado 68kg e Ruthy Hellen dos Santos 76kg completam a equipe feminina que sobe ao tapete nesta quinta-feira 13/10.

Três atletas, todos estreantes, disputam medalhas no estilo livre masculino. Cesar Alvan 74kg, Giovanni Piazza 86kg e Guilherme Pradella 125kg. O trio entra ação na próxima quinta-feira (13/10). A equipe é comandada pelos treinadores Angel Torres e Nisdany Perez e conta ainda com Josué Moraes, chefe de delegação, e o presidente da Confederação Brasileira de Wrestling, Flavio Cabral Neves. Vice-campeão pan-americano, Kenedy Pedrosa resumiu o sentimento dos representantes nacionais.

“É um momento muito especial na carreira. Receber a mala do Time Brasil com seu nome e fazer parte da delegação nacional em uma competição de Jogos. Conquistei a medalha de prata no Pan-Americano e tenho certeza que posso voltar a disputar o ouro aqui em Assunção e dessa vez voltar com o ouro na bagagem”, contou o amazonense Kenedy Pedrosa.

Confira a programação brasileira nos Jogos Sul-Americanos de Assunção 2022.

Dia 12/10 – quarta-feira – estilo greco-romano

Erivan Rocha 60kg, Kenedy Pedrosa 67kg, Joilson Júnior 77kg, Ronisson Brandão 87kg, Igor Queiroz 97kg e Marcos Silva 130kg

Eliminatórias: 10h às 13h
Finais: 17h às 19h

Dia 13/10 – quinta-feira – estilo livre feminino
Gracyenne Helena 53kg, Giullia Penalber 57kg, Laís Nunes 62kg, Thamires Machado 68kg e Ruthy Hellen dos Santos 76kg

Eliminatórias: 10h às 13h
Finais: 17h às 19h

Dia 14/10 – sexta-feira – estilo livre masculino

Erivan Rocha 60kg, Kenedy Pedrosa 67kg, Joilson Júnior 77kg, Ronisson Brandão 87kg, Igor Queiroz 97kg e Marcos Silva 130kg

Eliminatórias: 10h às 13h
Finais: 17h às 19h

Redes Sociais

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades: