COB anuncia cancelamento dos Jogos Escolares da Juventude 2020 (Wander Robero/COB)

COB cancela edição dos Jogos Escolares 2020

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou oficialmente nesta quarta-feira (24/6) o cancelamento dos Jogos Escolares da Juventude 2020. Depois de se reunir com cada representante de Confederação e saber a real situação de cada modalidade foi decidida por unanimidade a não realização dos Jogos. Sérgio Oliveira, vice-presidente da Confederação Brasileira de Wrestling, e responsável pela organização dos Jogos  e representante da CBW na reunião do COB com as Confederações, lamentou a decisão, mas concorda que diante do cenário de incerteza causada pela pandemia da COVID-19, o cancelamento era a única alternativa para preservar a integridade dos atletas e de todas as pessoas envolvidas.

“Diante deste cenário de incertezas e dúvidas sobre a pandemia, a decisão do cancelamento foi acertada. O COB realizou reuniões, ouviu a ponderação de cada Confederação e diante dos riscos causados pelo translado, impacto na realização de seletivas e da preocupação dos responsáveis com seus filhos, foi decidido em conjunto que era o melhor a ser feito. Acredito que só com uma vacina, como a Organização Mundial de Saúde recomenda, que competições com este número de atletas e com poucos dias de duração possam ser realizados”, afirmou Sérgio, lembrando que os Jogos Escolares reúnem 5 mil atletas de todas as regiões dos país.

O wrestling está presente nos Jogos Escolares desde 2012 e até edição do ano passado, apenas o estilo livre era disputado. A partir da edição 2019, o estilo greco-romano também passou a fazer parte do evento e estreou com muito sucesso. Como os custos de hospedagem e viagem ficam a cargo da organização do evento, os estados conseguem participar com uma equipe grande e permite que a CBW avalie o desenvolvimento das categorias de base em cada estado. Uma das principais perdas para o wrestling nacional com o cancelamento dos Jogos.

“Por causa da falta recursos alguns estados não conseguem enviar uma equipe completa aos campeonatos nacionais da faixa etária dos Jogos Escolares (12 e 14 e 15 a 17). Nos Jogos Escolares, os estados conseguem mandar um bom número de atletas e é possível ver de um ano para outro a evolução de cada atleta. Em 2019, o coordenador de seleções Flavio Cabral da CBW e o treinador-chefe da equipe nacional Angel Torres acompanharam a competição em loco e puderam ver os talentos que surgiram. Vamos ter uma lacuna de um ano nesta mensuração”, frisou Sérgio.

Outra preocupação é com as bolsas estaduais que os atletas desta faixa etária costumam a receber de acordo com as colocações nos Jogos Escolares. Alguns estados já tiveram o corte de bolsas governamentias para atletas anunciado, como Amazonas, por exemplo, e, sem o torneio, lutaores que viriam a receber o auxílio ano que vem também devem ficar de fora.

“Temos estados como Amapá e Rio Grande do Norte com uma evolução no trabalho de base. Goiás conquistou a medalha de ouro no estilo greco-romano, no ano passado, só para citar alguns exemplos. No Paraná, estado em que vivo os atletas recebem uma bolsa governamental e esse ano ficarão sem. Mas nesse momento é preciso pensar na saúde e na vida dos atletas”, concluiu Sérgio.

 Confira os motivos para o cancelamento dos Jogos Escolares da Juventude 2020

 

– Risco de contágio em ambiente sem controle direto do COB e Confederações (ex.: transporte – aéreo e terrestre – até a cidade-sede, hotéis, centros comerciais, etc.);

– Diferença entre as situações de cada Estado em relação à pandemia e o impacto na isonomia da competição;

– Incerteza da data de retorno do calendário escolar presencial que pode comprometer o processo seletivo;

– Possibilidade de os pais não autorizarem as viagens dos alunos/atletas;

– Eventual conflito com o calendário nacional das modalidades em função da possibilidade de concentração de muito eventos no último trimestre do ano.

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais

No images found!
Try some other hashtag or username

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades: